quinta-feira, novembro 18

A arte imita a vida ou a vida imita a arte?

Venho aqui apresentar uma sequência de 3 vídeos na mesma ordem cronológica que eu vi. Obviamente os três vídeos tem tudo a ver um com o outro e cada uma saiu de uma emissora de TV diferente. Na primeira, temos o comediante Marcelo Adnet, em seu programa Comédia MTV. O quadro passou no programa do dia 10 de Novembro de 2010.




Depois de assistir o vídeo, ponderei: "O Vídeo é bem interessante, mas não passa de uma caricatura de um setor Brasileiro." A caricatura surge quando exageramos alguma característica que acaba se sobressaindo em um individuo. E foi exatamente assim que classifiquei o video: Uma caricatura.

No entanto, em menos de dois dias, vejo o seguinte vídeo da RBS/TV Globo de Santa Catarina. Luiz Carlos Prates fala sobre o aumento no número de acidentes nas estradas catarinenses.



Após ver este vídeo, a minha classificação do primeiro vídeo como caricatura cai por agua abaixo, pois a ironia do comediante Marcelo Adnet não foi exagerar a caracteristica de uma classe, mas sim expor a característica de uma classe. Claramente podemos notar que ambos culpam o governo e as classes inferiores pelos problemas que afetam diretamente à eles. Felizmente, um dos vídeos é ARTE. Infelizmente, o outro vídeo é VIDA.

Passado mais um dia, vejo um terceiro vídeo, que mostra que eu não fui o único a por a mão na cara depois de ter visto o segundo vídeo.



Vendo este terceiro vídeo, notei que a TV Record está mesmo disposta a comprar uma briga boa com a Rede Globo. Mas também, convenhamos, o jornalista Luiz Carlos Prates podia ter recolhido seu preconceito e ter ido dormir sem esse comentário.

Por esta nem o comediante Marcelo Adnet esperava.

Nenhum comentário: