sexta-feira, maio 11

Mochilão Inca

Viagem realizada entre os dias:
23/12/07 à 06/01/08




Trecho São Paulo - La Paz (23/Dez)
Resolvemos ir de avião pois tinhamos pouco tempo. Mas na próxima oportunidade irei de trem da morte. Foi sorte a nossa ir de avião pois exatamente no dia 23 de dezembro teve greve na bolivia e o trem da morte ficou parado uns 2 dias. Uffa!



La Paz(24/Dez)
Chegamos em vespera de natal. A cidade tava um inferno só. Muita gente e muitos carros. MUITOS. tava pior que a 25 de março nos dias de pico. Mas vamos dar um desconto pois era véspera de natal neh. Nos outros dias estava uma beleza. Ficamos 3 dias em La Paz. Visitamos Tiwanaku, Vale da Lua, Chacaltaya e o centro da cidade.

- Hostel El Carretero
O hotel tem a cara de um albergue, muitos mochileiros e tem uma cozinha onde você pode fazer a sua comida ou o seu chá de coca. Procurem o quarto 45. Apesar do numero, o quarto é uma beleza. O melhor do albergue. 3 camas sendo 2 de casal. Banheiro com agua aquecida que é uma beleza. Não tem TV nem ar condicionado. Mas nem precisa... hehehe Estamos falando de albergue neh galera. O Dono é casado com uma brasileira e os filhos são todos brasileiros. O cara ama o brasil. Então já sabem.. serão bem recebidos.
Preço: 5,80 dolares a diaria por pessoa. (Mas existe quartos bem mais baratos)

- Centro da Cidade
Bem legal.. Vale a pena dar uma passeada por lá. A Policia Boliviana é bem equipada, parece o exército, mas não fiquei preocupados, os caras são muito receptivos e hospitaleiros. Sempre que tive duvidas, eles me auxiliaram com muita simpatia. Não deixem de passar na Rua das Bruxas, Não é nem perto uma 25 de março, mas tem bastante coisa interessante e barata por lá.

- Tiwanaku
Olha, confesso que esperava mais, porém gostei do passeio. Almoçamos llama, mas quem não gosta pode pegar outras coisas. TIWANAKU foi a civilização predominante nas redondezas de LA PAZ, porisso que é interessante visitar. E se vc for, tem que ir com guia, pois eles foram descobertos recentemente, e não há ainda muita infromação, como plaquetas, no local. O guia é fundamental. E outra. Eu fiquei esperando ver uma pirâmide que eles falaram que encontraram no local. Estava bastante ansioso, no entanto, quando cheguei lá, a piramide ainda não tinha sido desenterrada. estava debaixo de um monte. Fiquei bem frustrado. Nunca tinha visto uma. E estou ainda sem ver.. hehehe. Mas provavelmente quando vcs forem, ela já vai estar desenterrada.
Preço: 25 dolares. (Mas acho que dá pra chorar um pouco mais.)


- Passeio no Vale da Lua e Monte Chacaltaya
Olha galera. Não podem deixar de ir no Chacaltaya. É muito loco. Qualquer cidadão fumante e despreparado e sedentário consegue fazer. É mamão com açucar. O monte tem 5300 metros de altura, mas a maior parte da subida é de onibus. Somente 100m fazemos a pé. Mas vcs tem que pelo menos esperar uns 2 dias em La Paz pra se acostumar com a altura. Foi a primeira vez que cheguei no TOPO de uma montanha. Ninguem pode deixar de ir, até mesmo a menininha paty mais mimada do mundo. Todos dever fazer este passeio.

O Vale da Lua é continuação do roteiro após ter descido o Chacaltaya. Levem alguma coisa pra comer, pois o cara vai direto e nem para pra galera almoçar. Eu fiquei azul de fome.
Mas o vale da Lua é bem legal tb. Formações rochosas que nunca tinha visto.

Preço do pacote: 12 dolares os dois roteiros Chaclataya e Vale de la luna

- Dicas de La Paz:
Olha pessoal, em La Paz, tudo é barato. Você encontra caixa para sacar dinheiro em cada esquina. Alimentação tambem é extremamente barato. E a comida é boa.
Recomento: Jantar no restaurante que fica no ultimo andar do HOTEL GLÓRIA. Vista panorâmica de toda a cidade de La Paz. Restaurante de primeira classe. E o preço? gastei 50 bolivianos comendo bem e contando a bebida. Isso dá 13 reais.
Recomendo: Balada no Mongo's Bar. Fica um pouco distante. 20min. andando, mas isso não mata ninguem. E as ruas são seguras, mas na duvida, volte de táxi e não pague mais que 6 bolivianos.

Copacabana / Isla del Sol (27-28/Dez)
Utilizamos 2 dias para conheçer copacabana e a ilha do sol, mas vou ser sincero, 1 dia apenas já basta. A Cidade de copacabana não tem muitas atrações, e os hotéis fecham 10h e o porteiro espera até meia noite, depois disso, você fica fora de casa. E isso é em todos os hoteis. Eles dizem que é medida de segurança, mas com isso não podemos sair pra badalar. FODA. E principal, levem dinheiro vivo e não pensem em ligar para o exterior de copacabana, pois essas duas coisas são FACADAS nesta cidade. Eles extorquem quem precisa disto.

- Hostel Brisas del Titikaka
Olha galera, eu recomendo esse hotel, e eles aceitam carteirinha de estudante. A localização é muito boa. Fica 20 metros da praia, no começo da rua 6 de agosto, que é a mesma rua que você chega quando entra na cidade por onibus.
Preço: 10 dolares a diaria. (Se procurar encontra hotéis mais baratos)

- Copacabana
No primeiro dia aproveitamos a cidade, e como disse não tinha muita coisa pra ver lá não. É só a praia e a igreja da cidade. Dá pra você fazer isso no mesmo dia que for pra ilha do sol, economizando assim um dia da viagem. Um restaurante muito bom que recomendo lá é o "Coffe shop Copacabana restaurant". O dono é muito gente boa e fica quase em frente do hostel indicado acima.

- Ilha do Sol
Existem 2 opções para a ilha do sol. periodo integral e o meio periodo. O meio periodo só visita a parte sul da ilha, nós escolhemos o integral pois visita os dois extremos da ilha. E vale a pena. A parte norte tem vistas e horizontes que vale a pena ser vistos e muitas ruinas famosas. A parte sul é mais comercial, mas tambem tem muita coisa interessante pra se ver. O barco leva você para a parte norte e depois de um tempo ele sai daquele ponto para a parte sul. Mas, se você quizer, você pode fazer este caminho para o sul a pé. São 10Km e a pé demora umas 3h. Vale a pena, mas eu acabei não indo. Levem coisa para se agasalhar, pois no meio do lago é muito frio, e na ilha é bastante quente em dia ensolarado, então, já sabem né.

Cuzco / Machu Picchu (29/12)
Cidade dos Mochileiros. Chegando em Cuzco podemos conhecer as trilhas incas. Cuzco é outra cidade altamente turistica e podemos esbarrar com mochileiros em todas as esquinas. A cidade possui muito bares em volta da praça de armas e muitos hostels tb. A cidade tambem é bem tranquila, sem muitos perigos a noite.

- Hostel Espadejos
Galera, esse hotel é o melhor de todos. Fica meia quadra da praça mais badalada de cuzco, é bom e barato. Pagamos 10 dolares a diaria e o nosso quarto tinha até TV e banheiro privado. Tem quartos bem cilada lá, mas procurem o quarto que fica no final do corredor antes das escadas. É o melhor. Fica na rua Espadejos

- Baladas Obrigatórias:
Mama Africa - A melhor balada de Cuzco. Aqui mochileiro não paga pra entrar. Só tem gringo, Europeus, Brasileiras e Argentinas.
Ukukus Bar - Balada típica Peruana. Musicas Locais. Nativos. Não há quem já foi e não tenha gostado. Interação 100% com o povo local, na Rua Plateros, 10 mts da Plaza de Armas.

- Vale Sagrado e Machu Picchu
Galera, se você não for fazer a trilha inca que leva de 2 ou 4 dias, se você não for fazer essa trilha, eu recomendo comprar o pacote que está incluso o vale sagrado e machu picchu. É um pacote onde você faz no primeiro dia o vale sagrado e no segundo dia machu picchu. Vale muito a pena e economiza tempo e dinheiro. Eu resolvi fazer separado e acabei gastando um pouco mais. Mas com certeza o melhor é fazer a trilha inca. Eu só não fiz pois estava sem tempo. Há, e pros desavisados, ir para Machupicchu de trem está 150 dolares e fazendo a trilha inca é mais caro que 180 dolares. Eu fui fazer o mochilão sem essa informação e me estrepei.

- Transporte para Lima
Existem 2 meios para você chegar em Lima:
- Você pode ir de onibus e gastar em torno de 45 dolares para uma viagem de 23h;
- Ou você paga 150 dolares na hora para ir de avião que leva somente 1h de viagem.
Eu tive que escolher a segunda opção. E gastei caro! 150 dolares. Se você tiver certeza do dia que vai chegar em cuzco, recomendo que você compre a passagem antecipado. Antecipado, você encontra até por 80 dolares a passagem de avião.

Lima (4/1/08)

Esta cidade é bem interessante, imaginem uma chapada a beira mar. Isto é Lima. Chegando no litoral, você vê um abismo e um mar 60 metros abaixo de você. Dica que todo mochileiro tem que saber: Chegando em Lima, tentem se estabelecer no bairro Miraflores.

- Hostel Aj Turistico International
Não foi este o hostel que a gente ficou, mas foi um que alguns amigos ficaram. Com certeza um dos melhores. Fica 12 dolares por pessoa e por dia e um hostel que tem até piscina. Muito joia. E pensar que eu e meu amigo ficamos em um que não tinha nem TV e pagamos a mesma coisa. Esse ai eu recomendo. Av. Casimiro Ulloa 328 "Lima 18".

- Dicas da cidade
Em lima estavamos perdido, sem amigos e sem camera fotografica. Não deu pra passear muito naum, mas um lugar valeu a pena ir, o Larcomar. Fica no final da Avenida José Larco de encontro com o mar. Nesse cruzamento tem um shopping com vista para o mar. Muito massa pra ficar lá vendo a paisagem e o por do sol. Para descer até a praia, só de táxi, ou de dia pelas passarelas.

- Lima-São Paulo (5/01/08)
Linhas Aéreas TACA. Levem uma graninha pois eles vão te cobrar uma taxa de embarque de 30 dolares eu acho. E não tem nada a ver com o bilhete. É uma taxa do aeroporto.

Clique aqui para ver a rota da viagem no mapa


Outras Informações úteis

- Cartão de Crédito/Débito Internacional
Aceito em quase todos os lugares. Você também encontra caixas eletrônicos para saques em dinheiro espalhados em quase todas as cidades.
- Táxi
Não existe taxímetro, o preço é combinado. Se estiver acompanhado, negocie sempre o preço para todas as pessoas.
- Sorochepills
Comprimidos vendido nas farmácias contra o mal da altitude. O chá de folha de coca também é um bom remédio. Principais sintomas :Dor de cabeça, falta de ar e náuseas.
- Bebidas
Só beba água mineral, de preferência a gasosa. Refrigerantes é seguro, mas não beba direto na lata. Chá e café também não tem problema se preparados com água fervida.
- Documentação
O passaporte ou carteira de Identidade são os únicos documento válidos para ingressar no Peru e na Bolívia. O certificado internacional de vacinação contra a febre amarela também é obrigatório. A vacina é aplicada gratuitamente nos postos da Agência sanitária em todo território nacional.

9 comentários:

Micas Bolivia disse...

ola,,, eu to com um roteiro para bolivia tambem, mas tenho apenas 10 dias como podemos nos falar?
meu msn: kandanga@hotmail.com
Michele

twinsalbernaz disse...

Quando vc vai, Tiago?
to querendo ir ao Peru em julho. só 15 dias.

Galassi disse...

Olá Tiago, vc comentou no meu blog e agora estou aqui no seu. Respondendo às suas questões, eu não farei só um dos trechos por ar e o outro pelo trem da morte porque a tarifa boa da Gol só está valendo pra ida e volta. Além disso, pra quem vai fazer de trem Puno-Cuzco, acho que o trem da morte é o de menos (vale mais pelo orgulho de dizer "andei no trem da morte").

Agora observações quanto ao seu roteiro:

- Faça Campo Grande-Corumbá de dia, pois a estrada é linda. Tem onibus que saem bem de manhazinha de CG e chegam em Corumbá a tempo de vc pegar o trem no mesmo dia.

- Não sei como vc está de tempo, mas considere incluir no passeio de Uyuni o parque na divisa com o Chile, que tem geisers, as lagunas verde e colorada, entre outras coisas.

- Ir até Puno pelo lago eu ouvi dizer que não vale a pena e não é muito comum. O roteiro padrão é conhecer a Isla del Sol a partir de Copacabana, ir de ônibus até Puno e de lá fazer um passeio no lago, com as ilhas flutuantes.

- Aconselho fazer Puno-Cuzco de trem. Dizem que é uma das viagens mais lindas do mundo.

- Esse valor de avião Cuzco-Lima está meio salgado. Eu consideraria fazer de ônibus.

Vamos nos falando. Aguarde que, no retorno, terei informações quentinhas.

Abraço,

Ricardo

Julie Rocha disse...

Oi Tiago, como comentei na página do orkut, to querendo fazer um roteiro parecido e por sorte, você já tá bem adiantado. A princípio queria fazer esse roteiro em 10 dias, pegando o Trem da Morte e chegando até Macchu Picchu, para voltar de avião. Mas não teria problema em antecipar a data da viagem, até porque tenho recesso no meu trabalho do dia 21 de dezembro ao dia 6 de janeiro. Queria fazer essa parte para completar o meu roteiro, porque em fevereiro cheguei até a Isla del Sol e tive que voltar para Buenos Aires. Nesta viagem, saí de São Paulo, rumo a Buenos Aires, Mendonza e Santiago. Depois, peguei um vôo para Calama, segui para o Deserto do Atacama e de lá peguei um tour de três dias pelo Salar de Yuni. De lá, fui de ônibus para La Paz e no mesmo dia corri para Copacabana e Isla del Sol. Minha intenção era seguir da ilha até Macchu Picchu, mas pelo tempo curto tive que retornar para Buenos Aires.

Agora pelo que vi no comentário do Ricardo, seguir de avião para La Paz poderia ser uma boa saída, até porque se ganha tempo e também aproveitaria mais essa cidade que lamentavelmente passei apenas dois dias correndo atrás de passagem de avião para volta a Buenos Aires. Gostaria de me comunicar com você e quem tiver indo pra lá no mesmo período, até porque viajarei só. Meu msn é julierocha@hotmail.com

Guilherme disse...

guia muy valioso
vou usar de base pra minha viagem
saio um pouco depois do ano novo

Mochilão Machu Pichu a Buenos Aires. disse...

Ola, tudo bem?..Camarada é o seguinte, vou dia 11 de abril para o Peru, Chile e Argentina. Ja esquematizei quase tudo...quase...estou sem informações sobre o Wayna Pichu. Vc pode me dizer algo sobre ele, se posso ir primeiro para la e depois para M.P...Tbm um duvida, tu conhece la em Cusco um albergue chamado Casa de la Gringa..talvez fique por la? Bom, por enquanto é isso..fico no aguardo...meu msn é luttitoledo@hotmail.com

victor disse...

e ai cara blzzz?
entao meu nome eh vitor e to pensando em ir pra machu picchu !!!
vih a sua viagem no site do mochileirossss!!
queria trocar um ideia com vcc!!!
add no msn!!!
vitaunn@hotmail.com
flwww

Anônimo disse...

necessario verificar:)

renangomesviagens disse...

Ooo.
muito bom seu blog..

to indo p machu picchu em janeiro..
com mais cinco amigos..

dá uma olhada no meu blog.
www.renangomesviagens.blogspot.com